Animais de Estimação: Companheiros para o Desenvolvimento Afetivo e da Auto Percepção

( Artigo escrito por Roberto Guimarães - Especialista em Sociologia, Diretor do Grupo Projetar - Evolução Pessoal e Escritor.
Maiores informações em http://www.grupoprojetar.com  e em http://www.grupoprojetar.blogspot.com.br )


O homem tem, desde os primórdios, encontrado uma série de obstáculos em suas tentativas de viver bem em sociedade. Com o desenvolvimento tecnológico e a aceleração da vida, características de nossa modernidade “líquida”, o ser humano vem continuamente se afastando do convívio com seus semelhantes. E com a distância, verifica-se também a perda da experiência em grupo, seja no campo físico, no emocional ou no intelectual. Para substituir o vazio deixado pela ausência dos outros, a sociedade tem aumentado os níveis e frequências de consumo, aumentado o seu tempo de vivência “virtual”, e preenchido com quantidade e superficialidade o que antes era lugar da qualidade e da profundidade. Essas características,dentre outros fatores, têm tornado a humanidade mais mecanizada, mais fria e, portanto, menos capaz de reconhecer e demonstrar afeto. Uma boa convivência com animais de estimação, porém, pode ajudar a reverter esse fato.



Seguir por email

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial dos conteúdos deste blog sem a autorização do autor.

Todas as imagens contidas neste blog foram retiradas do Google Images.